GRUPO X - Inicio em 20/08/2017

1º Semestre

1º 16/07 Domingo
Prof. Renato Mota –
Esclarecimentos quanto ao andamento do curso e aula de Bolero.


2º 20/08 Domingo
Renato Mota - Jogos em DS com Forró e Salsa.
Prof. convidado: Nanci Folena orientação sobre o desenvolvimento dos projetos.

3º 17/09 Domingo
Renato Mota - Montagem Coreográfica e aula de Valsa Lenta
Prof. convidado: Mestre Ataliba - Samba Rock e Samba de Gafieira


4º 22/10 Domingo
Prof. Renato Mota Aula de Valsa Lenta e Vienense.
Introdução a Salsa Cubana e Rueda de Cassino.


5º 12/11 Domingo
Prof. Renato Mota aula de valsa lento direcionado a montagem coreográfica. (laboratório)
Prof. convidado Ricardo Garcia a confirmar - Salsa Cubana e Rueda de Casino


6º 03/12 Domingo
Prof. Renato Mota
Debate sobre o andamento do curso.
Aula de Tango Tradicional, Cha-cha-cha e Zouk.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas

Conheça mais sobre o Studio de Dança Renato Mota.

Conheça mais sobre o Studio de Dança Renato Mota.
Desde 1988 ensinando a arte de Dançar. Certificado Internacional emitido pela Conselho Internacional de Dança CID, Paris. Nº SNIIC: ES-11703

Aulas, cursos e shows especializada em Danças de Salão, tango e Milonga.

Rua: Marechal Floriano, 386, Vila Gilda, Santo André, ABC - SP. (11) 4426-9343 http://www.studiorenatomota.com.br/

Projeto de lei 337/06 lei aprovada em 07/04/2016

Dança, teatro e artes visuais estarão presentes no currículo escolar brasileiro.

O Plenário aprovou na quinta-feira (07/04/2016)
o projeto que insere o ensino dessas artes na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Após 10 anos de discussões, o projeto de lei 337/06 teve sua versão final aprovada pelo Senado e segue agora para sanção presidencial. O texto do ex-senador Roberto Saturnino Braga acrescenta ao rol de artes a serem ensinadas no ensino básico, a dança, o teatro e as artes visuais. Acompanhe o áudio de Carlos Penna Brescianini, da Rádio Senado, sobre o assunto.

Foi publicada na quarta-feira (03/05/2016) a Lei 13.278/2016, que inclui as artes visuais, a dança, a música e o teatro nos currículos dos diversos níveis da educação básica. A nova lei altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB — Lei 9.394/1996) estabelecendo prazo de cinco anos para que os sistemas de ensino promovam a formação de professores para implantar esses componentes curriculares no ensino infantil, fundamental e médio.

A lei tem origem no substitutivo da Câmara dos Deputados (SCD)14/2015 ao projeto de lei do Senado (PLS) 337/2006, aprovado no início de abril pelo Plenário do Senado. O texto foi sancionado pela presidente Dilma Rousseff na terça-feira (02/05/2016) e vale a partir da data de publicação.

A legislação já prevê que o ensino da arte, especialmente em suas expressões regionais, seja componente curricular obrigatório na educação básica, “de forma a promover o desenvolvimento cultural dos alunos”.

A proposta original, do ex-senador Roberto Saturnino Braga, explicitava como obrigatório o ensino de música, artes plásticas e artes cênicas. A Câmara dos Deputados alterou o texto para “artes visuais” em substituição a "artes plásticas", e incluiu a dança, além da música e do teatro, já previstos no texto, como as linguagens artísticas que deverão estar presentes nas escolas.

Para o relator da matéria na Comissão de Educação (CE), Cristovam Buarque (PPS-DF), a essência da proposta foi mantida no substitutivo da Câmara.

— Esse é um projeto que só traz vantagens, ao incluir o ensino da arte nos currículos das escolas. Sem isso, não vamos conseguir criar uma consciência, nem ensinar os nossos jovens a deslumbrar-se com as belezas do mundo, o que é tão importante como fazê-los entender, pela ciência, a realidade do mundo — observou Cristovam

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

O Studio Renato Mota foi um dos pioneiros na implantação do ensino técnico profissionalizante.

O Studio Renato Mota foi um dos pioneiros na implantação do ensino técnico profissionalizante.
Curso Técnico Profissionalizante em Danças de Salão

Membro do Conselho Internacional de Dança CID, Paris.

Membro do Conselho Internacional de Dança CID, Paris.
CID é a organização oficial guarda-chuva para todas as formas de dança em todos os países do mundo. CID é reconhecido pela UNESCO, os governos nacionais e locais, organizações internacionais e instituições. Ele reúne as organizações internacionais, nacionais e locais mais importantes, bem como selecionar indivíduos ativos na dança. É uma organização não-governamental fundada em 1973 dentro da sede da UNESCO em Paris, onde está sediada. Seus membros são os mais importantes federações, associações, escolas, empresas e indivíduos em 155 países.

Coleção Dançar é Fácil aprenda com Renato Mota.

Coleção Dançar é Fácil aprenda com Renato Mota.
São 3 (três) vídeos aulas didáticos em dvd´s de Dança de Salão.